“PELOS QUE ANDAM SOBRE AS ÁGUAS DO MAR" | 150 Anos Raul Brandão




Os produtores do teatro "PELOS QUE ANDAM SOBRE AS ÁGUAS DO MAR" já estão na Nazaré em Residência Artística. Com a colaboração do Museu Dr. Joaquim Manso, a tarde de 23 maio foi dedicada às entrevistas junto da comunidade.
Não falte, no próximo sábado dia 27 de maio, pelas 21h, na Antiga Casa da Câmara da Pederneira, um teatro-documentário a partir do livro "Os Pescadores" de Raul Brandão, no ano em que se comemoram os 150 anos do seu nascimento.

Este é um projeto da Galateia- Edições e Produção Cultural, com apresentação nas várias terras piscatórias do país, referidas naquele célebre livro de Raul Brandão, editado em 1923.
A Nazaré é o palco de estreia, no próximo dia 27 de maio, pelas 21h, na Antiga Casa da Câmara, na Pederneira.
Faça a sua RESERVA para os contactos telem. 931381380 - 965169998 - casadoadro.pederneira@gmail.com

Um evento "NAZARÉ MARÉS DE MAIO"
APOIOS: Fundação GDA e Mútua dos Pescadores
PARCEIROS: Câmara Municipal da Nazaré, Câmara Municipal de Sesimbra, Câmara Municipal de Setúbal, Câmara Municipal do Montijo
OUTROS APOIOS: Museu Dr. Joaquim Manso, CRIA, Setúbal Pesca, SCUPA, IELT, FSCH-UNL / FCT.

********************************************************************************

“PELOS QUE ANDAM SOBRE AS ÁGUAS DO MAR
Espectáculo de teatro-documentário a partir da obra “OS PESCADORES” de Raul Brandão e de entrevistas recolhidas em diferentes comunidades piscatórias.

:: 2017 Ano de Comemoração dos 150 Anos do escritor ::

Partindo do livro de Raul Brandão “OS PESCADORES” e do trabalho de pesquisa junto de comunidades piscatórias, PELOS QUE ANDAM SOBRE AS ÁGUAS DO MAR pretende reflectir e homenagear as várias gerações de homens e mulheres que fizeram do mar a sua vida.
Duas actrizes dão corpo e voz às suas histórias, convocando de forma poética a memória e a paisagem da nossa costa.

Durante uma semana de Residência Artística na Nazaré serão realizadas uma série de entrevistas a homens e mulheres ligados ao mar e à pesca que irão ser integradas no espectáculo através de projecção vídeo.

“E aí vem o saco pela areia acima por entre gritos e o derradeiro esforço das mulheres, dos homens, do pequeno que mal chega à corda, já entregue às mãos rudes que o hão-de afeiçoar, da rapariga com o filho seguro pelo xaile, e do velho desdentado, que já não pode mais e enterra os pés na areia – três figuras para um grupo de trabalho, todas três dobradas a arrastar a mesma cruz da vida”.
(Nazaré, 1923) in “Os Pescadores”, de Raul Brandão.

Dizer o indizível nos Museus

18 de maio é o DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS

Em 2017, o ICOM definiu o tema "Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus" como mote para uma reflexão.
Que histórias indizíveis ou dolorosas podemos contar a partir do Museu Dr. Joaquim Manso?


Aqui fica um pequeno vídeo realizado pela Mónica Figueiredo e Vítor Pombinha, estagiários do Externato D. Fuas Roupinho no Museu Dr. Joaquim Manso, que nos convida a fazer essa reflexão.

Porque há histórias que devem ser contadas...



+ informação


#nazare #museudanazare #dizeroindizivel #dim2017


video

18 Maio | DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS - 11 horas


DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS E NOITE DOS MUSEUS
18 e 20 de maio 2017



O Dia Internacional dos Museus, criado pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, celebra-se anualmente a 18 de maio, com os museus de todo o mundo a promoverem as mais diversas atividades.

A Noite Europeia dos Museus, criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação, irá decorrer no sábado 20 de maio, e os museus portugueses irão associar-se, uma vez mais, a esta celebração.


O Museu Dr. Joaquim Manso, na Nazaré, também assinalará estas datas, com um programa variado para o qual estão todos convidados!


 
18 MAIO | Dia Internacional dos Museus, 11 horas
Inauguração das exposições “Perspetivas d'O Sítio” e “Voando sobre uma Praia de Gaivotas”



“Perspetivas d'O Sítio” resulta de um projeto desenvolvido com o 10º Ano do Curso de Artes Visuais do Externato D. Fuas Roupinho, orientado pela prof. Sónia Matos (mais informação). Centra-se na análise do espaço urbano da Nazaré e na sua representação através do desenho. Teve início em janeiro de 2017, incluindo visitas ao Museu Dr. Joaquim Manso e sessões de desenho ao ar livre e na escola. A exposição apresenta os trabalhos elaborados pelos alunos, articulando a representação gráfica de “perspetivas” do Sítio da Nazaré com padrões de tecidos do traje tradicional pertencente à coleção do Museu.

“Voando sobre uma praia de gaivotas” é uma parceria com o 11º Ano do Curso de Artes Visuais do mesmo estabelecimento escolar, orientado pela mesma docente. Visa estabelecer a ligação entre a coleção do Museu Dr. Joaquim Manso, a identidade piscatória da Nazaré e a obra do ceramista caldense Mário Reis (que elege a Gaivota e o Mar da Nazaré como temática e tem vindo a expor as suas “Gaivotas” em espaços como o emblemático Forte de S. Miguel Arcanjo). Estão em exposição desenhos, “storyboards” e esboços preparatórios da vídeo-projeção que será exibida na Noite dos Museus (20 de maio).

Inauguração com animação musical pelos alunos do Externato D. Fuas Roupinho em Ensino Articulado.


Calendarização da exposição: 18 a 31 de maio
Organização: Museu Dr. Joaquim Manso e Externato D. Fuas Roupinho
Colaboração: João Conceito Publicidade e Mário Reis.

Exposições inseridas no projeto “Nazaré Marés de Maio, um projeto de promoção cultural e turística da Nazaré, com a coordenação de uma série de iniciativas promovidas por várias entidades, associações e particulares, tendo como denominador comum o MAR.


18 maio | DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS - 14 horas



18 maio | Dia Internacional dos Museus, 14 horas
Atuação do Grupo de Violas da Universidade Sénior da Nazaré


Celebrando o Dia Internacional dos Museus, o Grupo de Violas da Universidade Sénior da Nazaré trará ao Museu Dr. Joaquim Manso um conjunto de músicas populares que animarão todos os visitantes.

Estão todos convidados. Apareçam!


20 maio | NOITE DOS MUSEUS | "Voando sobre uma praia de gaivotas", 21h30



20 maio | Noite dos Museus, 21h30
“VOANDO SOBRE UMA PRAIA DE GAIVOTAS”



Exibição multimédia “Voando sobre uma praia de gaivotas”, realizada pelos alunos do 11º Ano do Curso de Artes Visuais do Externato D. Fuas Roupinho, com projeção na fachada da Capitania da Nazaré, na Praça Sousa Oliveira.
Este é o culminar de um projeto educativo (mais informação) de parceria entre o Museu Dr. Joaquim Manso e o Externato D. Fuas Roupinho, iniciado em janeiro de 2017. Apela ao sentido estético dos alunos de Artes Visuais orientados pela prof. Sónia Matos, para estabelecer “pontes” criativas entre a tradição piscatória da Nazaré, a coleção artística e etnográfica do Museu Dr. Joaquim Manso e a obra do ceramista caldense Mário Reis, artista que tem vindo a trabalhar, de uma forma criativa e algo satírica, o tema da Gaivota e do Mar da Nazaré.

Para além da vídeo-projeção, haverá outros momentos surpreendentes de animação musical e de dança,
que convidarão à participação coletiva de todos os presentes.

As “storyboards” e os desenhos preparatórios da vídeo-projeção estão em exposição no Museu Dr. Joaquim Manso, entre 18 e 31 de maio.


Local: Praça Sousa Oliveira, Praia da Nazaré
Organização: Museu Dr. Joaquim Manso e Externato D. Fuas Roupinho

Colaboração: Câmara Municipal da Nazaré, Círculo Cultural Mar-Alto, Rancho Folclórico Tá-Mar da Nazaré, Hotel “Mar Bravo”, Mário Reis e “re-act (ion)”.

Inserido no evento “Nazaré. Marés de Maio” 2017, um projeto de promoção cultural, artística e identitária da Nazaré, tendo o MAR como denominador comum e elemento aglutinador de todas as iniciativas, promovidas por várias associações e entidades públicas e privadas.



Contactos:
MUSEU DR. JOAQUIM MANSO | Direção Regional de Cultura do Centro
Rua D. Fuas Roupinho
2450-065 Sítio | Nazaré
telef. 262562801 | e-mail: mjmanso@drcc.gov.pt
http://mdjm-nazare.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/MuseudaNazare


“Nazaré - Festa de Filmes do Mar” | 26 e 27 maio



“Nazaré - Festa de Filmes do Mar”
26 e 27 maio 2017


Sessões de filmes / debate sobre o Mar e a Nazaré, na Biblioteca Municipal, Bairro dos Pescadores (Universidade Sénior) e Porto da Nazaré


O “Nazaré - Festa de Filmes do Mar” quer promover a exibição, discussão e criação de filmes sobre o Mar e as gentes do Mar, sendo destinado à comunidade local e visitantes da Nazaré, decorrendo a 26 e 27 de Maio de 2017. 


Este evento é integrado no “Nazaré - Marés de Maio”, que tem por objectivo central a promoção cultural, artística e identitária de um território - o concelho da Nazaré - tendo como elemento aglutinador e denominador comum a todas as iniciativas e áreas a abordar e desenvolver – O Mar.


O Nazaré - Festa de Filmes do Mar tem 3 objectivos essenciais:

1) exibir filmes sobre o Mar e as gentes do Mar, nomeadamente filmes de arquivo de instituições e/ ou de particulares, bem como filmes contemporâneos sobre esta temática;
2) reflectir e debater publicamente sobre os desafios do presente e do futuro relativamente ao Mar e às comunidades que dele mais dependem;
3) criar novas obras documentais com ligação à temática do Mar e das gentes do Mar.


As 3 sessões do Nazaré – Festa de Filmes do Mar são gratuitas para o público em geral, tendo lugar nos seguintes espaços:

- 26 de Maio, 15h00 – 16h30: auditório da Biblioteca Municipal da Nazaré (sessão para os alunos e docentes das escolas do concelho da Nazaré)
“Nazaré: Dez Décadas de Filmes”;

“Cavalgar a Onda da Nazaré” (Célia Quico – Universidade Lusófona, 2016)
“Nos Mares da Memória” (2016), com a presença dos produtores deste filme, seguido de debate.


- 26 de Maio, 21h00 – 22h30: antiga Escola Primária Bairro dos Pescadores (Sede da Universidade Sénior da Nazaré)
“Nazaré: Dez Décadas de Filmes” e, entre outros

ESTREIA do documentário comemorativo dos “75 Anos do Bairro dos Pescadores” (Mútua dos Pescadores / Museu Dr. Joaquim Manso / Célia Quico / Câmara Municipal da Nazaré, 2017).


- 27 de Maio, 15h30 – 17h00: United Lounge - Armazém 52 - Porto da Nazaré
“Cavalgar a Onda da Nazaré” (2016)

“António Luís Júnior. O Último Calafate da Nazaré” (Museu Dr. Joaquim Manso e Câmara Municipal da Nazaré, 2015-2017)
“A Campanha do Argus” (Alan Villiers, 1950, cedência do Museu Marítimo de Ílhavo).



Organização: Museu Dr. Joaquim Manso, Mútua dos Pescadores e Casas do Quico

Colaboração: Câmara Municipal da Nazaré, DocaPesca – Portos e Lotas SA, Museu Marítimo de Ílhavo, Rui Bela, Senos da Fonseca, Valdemar Aveiro e United Lounge - Armazém 52 -Porto da Nazaré.

Inserido no evento Nazaré Marés de Maio”.


Contactos:

Museu Dr. Joaquim Manso / Direção Regional de Cultura do Centro | mjmanso@drcc.gov.pt | telef. 262562801

Mútua dos Pescadores – Mútua de Seguros CRL | joao.delgado@mutuapescadores.pt

Casas do Quico | celia.quico@gmail.com

Nazaré Marés de Maio | nazaremaresdemaio@gmail.com | https://www.facebook.com/Nazaré-Marés-de-Maio-853769781427731